DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: ‘Rapaziada, ouçam bem o que eu lhes digo’: O Sporting é campeão nacional 11 Maio 2021

’Rapaziada, ouçam bem o que eu lhes digo, e gritem todos comigo… Viva ao Sporting’. Maria José Valério não pode hoje, dia 11 de maio de 2021, dar voz à Marcha do Sporting, por força de uma doença (Covid-19) que a levou no presente ano civil.

Portugal: ‘Rapaziada, ouçam bem o que eu lhes digo’: O Sporting é campeão nacional

Leões de Portugal sagram-se campeões nacionais... 19 anos depois, jogo a jogo que os adeptos sabem. Ou segundo os media da referência, serão várias as pessoas a dar voz a uma música que, nesta terça-feira, volta a ter a mesma voltagem que a 28 de abril de 2002. Dia em que o clube de Alvalade festejara, pela última vez em looongos anos, o mais desejado dos galardões a nível nacional.

Hoje empurrados pelo golo de Paulinho, o Sporting conquistou o seu 19.º campeonato (o 23º, pelas contas do emblema verde-e-branco).

Cedo se viu um leão a marchar para a conquista dos três pontos, nesta 32.ª ronda, com Nuno Santos e Paulinho a ficarem perto da bonança. Porém, a adversidade caiu mesmo nos braços do Sporting, na sequência da lesão de Porro, que o obrigou a sair aos 19 minutos… e em lágrimas.

Segundo a mesma fonte, a avalanche leonina continuava à boleia de Nuno Santos, Paulinho e Pedro Gonçalves, mas no meio de tanto desperdício a bonança acabaria mesmo por chegar, por intermédio do ex-Sp. Braga, que se estreou a marcar em Alvalade, e à boleia de um cruzamento de Nuno Santos.

Na etapa complementar foram Nuno Santos e Paulinho a estarem mais uma vez perto do segundo remate certeiro, porém a mais soberana das ocasiões chegou pelos pés de Pedro Gonçalves, que atirou ao poste à passagem do minuto 78. Mais, prossegue NM, nenhum golo cairia e hoje o mundo sabe que... o Sporting é campeão nacional!

Buzina festivas 19 anos depois

«Buzinas festivas em cada cidade, em caravanas de carros desta vez as ruas são nossas, ao cabo de dezanove anos de dorida travessia do verde da esperança», comenta uma outra fonte de forma eufórica.

Saleinta que «a nossa adolescente que recebeu no ADN o código de duas gerações sportinguistas está exultante com os parabéns que lhe chegam dos amigos, um após outro a tilintar nas redes sociais».

Mas acresctoa que acima de tudo tem um ano para a desforra. «A doce desforra ante a irónica tirada, anos a fio que ouviu de tios e primos de outras cores: Lagarto, lagarto, tenta prò ano. A doce desforra ante as bem-intencionadas tentativas dos avós que tentaram puxá-la para a sua outra cor», comenta sobre a vitoria do Sporting esta noite. Foto:© Getty Images

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project