INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sri Lanka: Governo bloqueia Facebook ’para evitar mais violência’ —Mais de 450 vítimas, 207 mortais em atentados durante missa da Páscoa 22 Abril 2019

O governo decretou o recolher obrigatório e bloqueou o acesso às redes sociais, tendo em conta a experiência de utentes de Facebook a partilhar informações falsas que acendem o rastilho do ódio na ilha onde a tensão religiosa latente estará por trás do atentado, em oito locais, com seis explosões coordenadas, duas delas por bombistas-suicidas, durante a celebração da missa pascal.

Sri Lanka: Governo bloqueia Facebook ’para evitar mais violência’ —Mais de 450 vítimas, 207 mortais em atentados durante missa da Páscoa

Pelo menos 67 pessoas morreram na igreja católica de São Sebastião na cidade de Negombo, a norte da capital. Umas 27 pessoas morreram na igreja evangélica Zion da cidade de Batticaloa, no extremo oriental da ilha.

Segundo o Le Monde, além das seis bombas em simultâneo em três igrejas e três hoteis 5-estrelas, mais tarde ocorreram mais duas explosões, uma numa igreja e "outra numa pequena pensão frequentada por estrangeiros", segundo a delegação do Daily-Mirror no Sri Lanka.

As agências internacionais dão conta que testemunhas no local relataram que no hotel Cinnamom-Colombo, na capital, um dos bombistas-suicidas se colocou na fila do almoço de Páscoa e acionou o colete de explosivos.

“Ele foi para o início da fila e fez-se explodir”, contou um empregado do hotel à AFP-a agência noticiosa francesa.

Um português entre as 35 vítimas estrangeiras

Entre os 35 estrangeiros, estão cidadãos da Índia, Turquia, Reino Unido, Holanda, Portugal, RP China ...

O secretário de Estado Mike Pompeo confirmou que há seis cidadãos americanos entre as vítimas.

Tensão inter-religiões na Taprobana

Após a guerra com os separatistas tamuls, só esporádicas tensões religiosas tinham nos últimos anos perturbado a paz no Sri Lanka — conhecido desde a Antiguidade como ilha de Taprobana referida na epopeia Os Lusíadas.

As tensões inter-religiosas latentes na comunidade ceilandesa advêm da diversidade religiosa: 70 por centro de budistas, c.13% hindus, c.10% muçulmanos e 7 pc de cristãos. Estes são na sua maioria católicos, dada a presença de missionários portugueses desde a chegada à ilha em 1505.

13 detidos

O governo anunciou no fim da tarde de domingo a detenção de sete pessoas suspeitas. Nenhuma organização reivindicara ainda o atentado.
— -
Fontes: referidas. Fotos (AFP). Uma bomba devastou a Igreja de Santo António, em Colombo. Outra bomba destruiu o hotel Sangri-La, também na capital.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project