ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Sucessora TACV não honra compromissos: Funcionários da Cabo Verde Airlines passam Natal sem receber salário 29 Dezembro 2019

A sucessora da extinta TACV está em falta para com os empregados. É que os funcionários da Cabo Verde Airlines (CVI) ainda não receberam o salário de Dezembro e não têm qualquer informação sobre quando o mesmo será processado, correndo o risco de passar toda época festiva sem dinheiro.

Sucessora TACV não honra compromissos:  Funcionários da Cabo Verde Airlines passam Natal sem receber salário

Uma fonte da empresa confidenciou à Inforpress que é a primeira vez, em toda a história da companhia área cabo-verdiana, que os funcionários da empresa passam o Natal sem dinheiro, existindo ainda o risco de chegarem ao final de ano sem que o salário seja pago.

Mais do que não receber o dinheiro, os funcionários reclamam ainda de não ter recebido qualquer comunicação por parte da administração ou da direcção, o que consideram uma “falta de respeito” para com aqueles que diariamente lutam para manter a empresa a funcionar.

“Antes, quando os salários estavam atrasados, mandavam uma mensagem, avisando e explicando a situação. Desta vez, não houve nenhuma comunicação”, disse.

A mesma fonte descarta a possibilidade da empresa estar a passar por problemas financeiros, já que, conforme indicou, a empresa tem tido lucro e até já pagou as indemnizações devidas aos trabalhadores que deixaram a empresa.

“Nós que estamos aqui a trabalhar ainda não recebemos. Passamos o Natal sem dinheiro. Na época das festas, todas instituições pagam o salário mais cedo do que o habitual, para que as pessoas possam ter a possibilidade de festejar com a sua família. E pior ainda não sabemos se vamos receber antes do final de ano”, disse a fonte da Inforpress, que fala em “descaso e falta de sensibilidade e respeito” por parte da administração.

Conforme indicou, a Cabo Verde Airlines tem pago os salários “na hora que bem entender” e com sucessivos atrasos.

“O salário de Novembro, por exemplo, só foi depositado no dia 08 de Dezembro, deixando os trabalhadores em falta com os seus compromissos”, lamentou.

Desde Março deste ano que a Cabo Verde Airlines tem um novo dono e nova administração. O Governo vendeu 51% do capital da Lofleidir Cabo Verde, uma empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses.

A Inforpress tentou ouvir a direção da empresa, mas sem sucesso, conclui a mesma agência de notícias.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project