INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Suécia: Parlamento demite primeiro-ministro 28 Setembro 2018

A coligação de centro-direita e a extrema-direita juntaram-se para destituir, esta terça-feira, 25, o primeiro-ministro Stefan Löfven, duas semanas após a vitória tangencial do partido social-democrata– apenas um assento a mais sobre a “Aliança” — nas legislativas de 9 de setembro.

Suécia: Parlamento demite primeiro-ministro

A maioria, 204 dos 349 parlamentares, votou contra a moção de confiança. A destituição de Stefan Löfven, primeiro-ministro desde 2014, responde ao apelo de que "A Suécia precisa de um novo governo” que possa obter “um inequívoco apoio político para conduzir a renovação”, como defendeu Ulf Kristersson.

Ulf Kristersson, que lidera a “Aliança”, formada por conservadores, liberais, centristas e cristãos-democratas, dirigida, pretende chegar ao governo. Mas os analistas apostam forte em Stefan Löfven.

O presidente do Parlamento, também da direita, Andreas Norlén, tem agora a missão de levar os representantes dos partidos com assento no Riksdag, o Parlamento Nacional, a entenderem-se para a formação de um novo governo.

O demitido Stefan Löfven – que continua em funções embora apenas para atos correntes de gestão — já fez saber que tenciona continuar a "servir o país" na qualidade de “próximo primeiro-ministro”.

Fontes: LExpress/AFP/Reuters. Foto: Stefan Löfven (no canto superior esquerdo da foto)

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project