INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Surto de cólera no Maláui já provocou 418 mortos em mais de 14 mil casos 23 Dezembro 2022

Com 13.206 doentes recuperados e 415 ainda em centros de tratamento, a taxa de mortalidade é de 2,98%, de acordo com uma declaração enviada hoje à agência noticiosa EFE e assinada pelo ministro da Saúde, Khumbize Kandodo Chiponda.

Surto de cólera no Maláui já provocou 418 mortos em mais de 14 mil casos

Conforme escreve a Agência Noticiosa Lusa, desde o início da epidemia no distrito sul de Machinga, foram detetados casos em todos os 28 distritos do país, embora o surto tenha sido controlado em oito deles. A maioria das mortes, segundo o ministério, ocorreu em comunidades ou em centros médicos depois de os pacientes terem entrado com sintomas demasiado avançados.

"É triste notar que alguns doentes de cólera não procuram cuidados precoces devido às suas crenças religiosas e isto está a causar uma maior propagação da doença, resultando na perda desnecessária de vidas no processo", salientou o ministro da Saúde, citado pela Lusa.

Convém realçar que a cólera é uma doença diarreica aguda causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada com a bactéria vibrio cholerae. Alís, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cólera continua a ser "uma ameaça global para a saúde pública e um indicador de desigualdade e de falta de desenvolvimento.

No auge da estação das chuvas na África Austral, as autoridades advertiram esta semana as comunidades que vivem perto de rios e lagos do risco de inundações, que poderiam exacerbar a propagação da doença, escreve a nossa fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project