INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Tanzânia: Mais jovem bilionário ’raptado por estrangeiros’ continua desaparecido — Polícia deteve 12 e interrogou 30 13 Outubro 2018

O empresário Mohammed Dewji (foto), aos 40 anos o "mais jovem bilionário de África" segundo a Forbes, foi na manhã de quinta-feira, 11, levado por dois homens armados pouco depois de entrar no ginásio, instalado num hotel de Dar-Es-Salaam, a "cidade da Paz". Esta sexta-feira, 12, a polícia anuncia ter detido 30 pessoas para interrogatório.

Tanzânia: Mais jovem bilionário ’raptado por estrangeiros’ continua desaparecido — Polícia deteve 12 e interrogou 30

Vinte e quatro horas decorridas, a polícia da capital económica tanzaniana refere que nenhum pedido de resgate foi ainda recebido e continuam desconhecidas as razões para o sequestro do empresário "Mo Dewji". O dono da empresa transnacional MeTL, avaliada em biliões de dólares herdada do pai, tornou-se, em 2015, o primeiro e único bilionário do seu país, com uma fortuna estimada em 1,45 bilião de dólares.

A polícia de Dar-es-Salaam anunciou, esta sexta-feira, 12, ter feito um total de trinta detenções. Destas, há doze pessoas que continuam a ser interrogadas nas instalações da polícia de investigação. No final da tarde de quinta-feira, entre as primeiras detenções, estavam, segundo fontes, três suspeitos de estarem ligados ao rapto.

Governador é único que refere "brancos". Diário queniano cita testemunha ocular

Quatro homens mascarados atiraram para o ar, provocando a fuga dos funcionários de guarda à entrada do hotel de luxo. Esta a versão de um taxista, segundo o diário de Nairobi “The National”.

Segundo a mesma fonte, os homens armados surgiram daí a pouco com ‘Mo Dewji’ que obrigaram a entrar num carro. A viatura dirigiu-se para a estrada de Masaki, nos subúrbios da Dar-es-Salaam, segundo o “The National”.

O diário londrino The Telegraph refere que o governador regional Paul Makonda, "poderoso e próximo do Presidente John Magufuli" declarou à comunicação social que " o Sr. Dewji foi raptado por brancos que conduziam dois carros". Esta versão não consta em nenhum dos relatos conhecidos, nem das autoridades nem de outras testemunhas até agora ouvidas pela imprensa.

Fontes: AFP/Reuters/outras referidas

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project