CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Tarrafal/Santiago: Presidente da câmara diz que Casa do Pescador valoriza os homens e mulheres do mar 09 Fevereiro 2022

O presidente da Câmara Municipal do Tarrafal, José dos Reis, disse que as obras de requalificação da Casa do Pescador inauguradas hoje, num investimento de 13 mil contos, vão valorizar os homens e mulheres do mar.

Tarrafal/Santiago: Presidente da câmara diz que Casa do Pescador valoriza os homens e mulheres do mar

Trata-se, segundo a edilidade tarrafalense, de um novo edifício da Casa do Pescador coroada com 50 cacifes para guardar motores, uma sala de venda, uma secretaria, casas de banho, espaço de diversão e espaço de produção de gelo.

“Hoje estamos aqui para inaugurar as obras de reabilitação da Casa do Pescador, iniciadas no dia 06 de Fevereiro de 2021, e passado um ano, hoje estamos aqui para celebrar o mar e para valorizar os pescadores e peixeiras do Tarrafal”, declarou o autarca.

Conforme explicou, a obra do antigo Mercado de Peixe, inicialmente orçada em 8.300 contos, sendo 7.500 do Governo, devido à introdução de melhorias no projecto acabou por custear 13 mil contos.

Ao redor da infra-estrutura, ora inaugurada, adiantou que a edilidade ambiciona instalar vários quiosques/esplanadas de madeira e criar uma praceta do pescador, que visam dotá-la de uma componente social, económica e turística.

Para tal, o autarca, que falava hoje no acto da inauguração da Casa do Pescador do Tarrafal, presidido pelo ministro do Mar, Abraão Vicente, diz esperar contar com o apoio do Governo, na concretização desse projecto, que ronda os 10 mil contos.

Na ocasião, o chefe do executivo municipal lembrou que a edilidade também entregou equipamentos aos pescadores e peixeiras, motor de popa e malas térmicas, respectivamente, num investimento de 5.000 contos.

Por sua vez, o ministro Abraão Vicente mostrou-se satisfeito em ver o contentamento dos pescadores e peixeiras que hoje passam a ter um lugar “digno e com condições de trabalho” que vão “projectar o mar e Tarrafal para o futuro”.

O governante, que lembrou que “a maior riqueza de Cabo Verde é o mar e quem desafia bom e mau tempo para buscar peixe para trazer [os pescadores]”, pediu aos homens do mar para juntos transformarem o sector da pesca.

Segundo ele, na infra-estrutura, ora inaugurada, há condições para tratar e preservar o pescado, mas também, sublinhou, há condições para se criar um lugar de convívio e de negócios e desenvolvimento à beira-mar.

Sobre a instalação de quiosques/esplanadas manifestou a intenção do Governo em apoiar na sua materialização, mas alertou que o negócio tem que ser peixe e mar, e não “outras actividades económicas”.

O presidente da Associação dos Pescadores e Peixeiras do Tarrafal, Osvaldo Semedo, por seu lado, que considerou o “dia de especial” para os homens e mulheres do mar, disse não ter dúvidas de que a partir de hoje vão ter melhores condições no tratamento do pescado.

O pescador, que falava em nome dos demais colegas, aproveitou para reivindicar a instalação da delegação ou colocação de um representante do Ministério do Mar nesse município do interior de Santiago, visando evitar deslocações à Cidade da Praia para resolver os assuntos ligados ao sector do mar.

É que, conforme sustentou, o número de pescadores e de embarcações no concelho justifica tal medida.

Paralelamente ao acto, que se enquadra no âmbito das actividades do Dia Nacional do Pescador, comemorado no dia 05 de Fevereiro, o município homenageou 14 pescadores idosos do Tarrafal pelos contributos dado ao sector da pesca. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project