AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Tempo: Onda tropical chega a Cabo Verde com chuvas de intensidade variável 02 Setembro 2021

Conforme os dados actualizados sobre o estado de tempo com a onda tropical que está prestes a chegar a ilha de Santiago, o Instituto Nacional de Matereologia e Geofísica (INMGF) informa que, nas próximas 48 horas haverá chuva de intensidade variável e o agravamento do estado de mar nas ilhas de Cabo Verde.

Tempo: Onda tropical  chega a Cabo Verde  com chuvas de intensidade variável

«O Arquipélago de Cabo Verde encontra-se sob a influência de um sistema de baixa pressão, situado a 120 milhas ao Sul da Ilha de Santiago, movendo-se em direção a Norte/ Noroeste das ilhas de Cabo Verde», lê-se no comunicado publicado no site do INMGF.

Alerta a mesma fonte para a possibilidade do agravamento do estado de tempo nas próximas horas em Cabo Verde. «Durante a sua passagem, o fenómeno meteorológico condicionará o estado do tempo nas próximas 48 horas, com ocorrência de precipitação de intensidade variável e agravamento significativo do estado do mar, com maior incidência nas ilhas de Sotavento durante o dia de hoje, terça-feira,03, e madrugada de amanhã, 04 de Setembro atingindo as ilhas mais a norte (S. Vicente e Santo Antão), com menor intensidade».

O comunicado referido lembra que, com o início da época das chuvas, tais situações tendem a ser cada vez mais frequentes, pelo que a vigilância do estado do tempo no arquipélago e as previsões da sua evolução serão contínuas e atualizadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica.

Autoridades em alerta

Entretanto, as autoridades nacionais já se encontram de alerta face à possibilidade da onda tropical com chuvas e ventos atingir Cabo Verde nas próximas horas. Na cidade da Praia, onde no ano passado a tempestade tropical atingiu fortemente as zonas baixas da cidade causando estragos vários, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Carvalho, já realizou uma reunião da sua equipa interna, tendo planeado as medidas com intervenções a serem implementadas em casos de eventuais situações de emergência.

Já o presidente substituto do Serviço Nacional da Proteção Civil anunciou que todos os meios já estão montados para dar respostas a eventuais situações de emergência, sobretudo nas zonas mais críticas da Praia e das restantes ilhas de Sotavento e Barlavento. Hélio Semedo revelou ainda que toda a rede de apoio se encontra em prontidão para intervir, em parceria com as Câmaras Municipais, Forças Armadas, Cruz Vermelha de Cabo Verde, Os Bombeiros, entre outras instituições. Apelou ainda para todos os cidadãos, principalmente os das zonas críticas, estarem de alerta para contatos com os Serviços da Proteção Civil na iminência do mau tempo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project