SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Prevenção contra coronavirus: Três trabalhadores chineses encontram-se em quarentena voluntária na ilha de São Vicente 19 Fevereiro 2020

Três trabalhadores chineses estão há 12 dias a cumprir uma quarentena voluntária para despistar qualquer presença do coronavírus, disse o delegado da saúde local, Elísio Silva, que contraria a informação de que os trabalhadores já estão a trabalhar.

Prevenção contra coronavirus: Três trabalhadores chineses encontram-se em quarentena voluntária na ilha de São Vicente

Segundo escreve a Inforpress, de acordo com este responsável, quando os técnicos chegaram à ilha eles foram avaliados pelas autoridades sanitárias que cumpriram todas normas de prevenção emanadas pelo Ministério da Saúde, acrescentando ainda que, até agora os três chineses continuam a ser acompanhados diariamente pela Delegacia de Saúde de São Vicente, porque o período de quarentena dura cerca de 14 dias.

“Foram recebidos no aeroporto. Levamos um tradutor da Associação de Amizade China-Cabo Verde para conversar com eles e a Embaixada da China em Cabo Verde também falou com eles”, afirmou o delegado.

A mesma fonte explicou que os técnicos não estão a trabalhar ainda na montagem do projecto Mindel Floating Music Hub, porque ainda cumprem a quarentena.

No entanto, indicou que os chineses, que se encontram num apartamento, são acompanhados todos os dias pela Delegacia de Saúde que lhes mede a temperatura e até agora não apresentaram sintomas suspeitos do Covid-19, explica Inforpress.

“Eles já estão cá há cerca de 10 dias e vieram fazer um trabalho de 15 dias. Eles vão montar apenas algumas coisas. Vamos visitá-los todos os dias na casa onde estão”, acrescentou Elísio Silva, que afirmou que os chineses já tinham cumprido quarentena de 30 dias nas regiões onde se encontravam.

No entanto, daqui a quatro dias terminará o período da quarentena voluntária e serão liberados caso não apresentarem sintomas, refere a notícia avançada pela Inforpress.

O Mindel Floating Music Hub, trata-se de um projecto que vai abranger um espaço de 50 metros entre a praia e a baía à frente da Avenida Marginal e inclui a construção de um estúdio de gravação “de alto nível”, uma escola de música e uma zona de diversão aberta ao público.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project