SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Onda de violações de menores em Cabo Verde: Prisão para suspeito de 8 crimes de abuso e agressão sexual de criança na Praia e apresentação periódica a um outro violador por sete crimes idênticos 17 Novembro 2021

Cabo Verde regista, neste momento, uma onda de crimes de violação de menores. É que a Polícia Judiciária acaba de deter um suspeito por 8 crimes de abuso e agressão sexual contra uma criança de 11 anos na Praia, ao mesmo tempo que algemou um outro presumível violador por sete crimes idênticos contra uma menor de 12 anos na Boa Vista. Este último ficou, segundo decretou o tribunal, em regime de apresentação periódica às autoridades com a interdição de saída do país, enquanto ao presumível autor do primeiro caso foi mandado para cadeia.

Onda de violações de menores em Cabo Verde: Prisão para suspeito de 8 crimes de abuso e agressão sexual de criança na Praia e apresentação periódica a um outro violador por sete crimes idênticos

Em comunicado remetido ao Asemanaonline, a Polícia Judiciária (PJ) informa que, através da Seção de Crimes Contra Pessoas (SCCP) – 1ª Brigada e em cumprimento de um mandado do Ministério Publico, deteve, esta terça-feira, 16, fora de flagrante, um indivíduo do sexo masculino, de 51 anos, residente em Achadinha meio, Praia. Tudo por ser suspeito da prática de três crimes de agressão sexual, com penetração, e cinco crimes de abuso sexual de criança.

Segundo a PJ, a vítima, hoje, com 11 anos, é enteada do suspeito, com quem residia na mesma casa. O acusado foi presente, no tempo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado prisão preventiva.

Ainda no mesmo dia, a Polícia Judiciária revela que, através do Departamento de Investigação Criminal da Boa Vista (DICBV) e em cumprimento de um mandado do Ministério Público, deteve, fora de flagrante delito, no bairro da Boa Esperança, um indivíduo do sexo masculino, de 40 anos, natural da Guiné Bissau, suspeito da prática de sete crimes de abuso sexual de criança, cometidos contra uma criança de 12 anos, entre os anos de 2016 e 2017.

De acordo com informações avançadas pela PJ, suspeita-se que o indivíduo, que vivia maritalmente com a mãe da vítima, aproveitava-se da ausência desta, quando ia trabalhar, para cometer os crimes.

O detido foi presente, no mesmo dia, ao Tribunal da Comarca da Boa Vista, que lhe aplicou apresentação periódica, proibição de contato com a vítima e interditação de saída de Cabo Verde, com confisco do passaporte, isto como medidas de coação pessoal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project