REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Turquia: Edil eleito de Istambul contestado por Erdogan, eleições repetem-se em 23 de junho 08 Maio 2019

A comissão eleitoral turca anulou, nesta segunda-feira, 6, a eleição autárquica de 31 de março que em Istambul deu a vitória ao candidato Imamoglu, do CHP. O presidente Recep Tayyip Erdogan pediu recontagem de votos e depois recorreu à comissão eleitoral alegando que houve “irregularidades” e “corrupção organizada” na cidade de que ele próprio foi Edil nos anos de 1990. O candidato do seu AKP, o ex-primeiro-ministro Binali Yildrim, que perdeu, vai assim ter a sua ‘segunda oportunidade’ – ao arrepio das regras democráticas.

Turquia:  Edil eleito de Istambul contestado por Erdogan, eleições repetem-se em 23 de junho

A repetição da votação, na cidade mais populosa que acolhe 16 milhões e onde o AKP perdeu — por cerca de 13 mil votos, tangencial ante os 10 milhões de eleitores —, foi denunciada como antidemocrática pela oposição, que afirma “este é mais um sinal de que a Turquia se transformou numa ditadura”.

A população saiu à rua, com barulho de panelas a repercutir a sua indignação.

O AKP perdeu também na capital política, Ancara. Mas a derrota em Istambul é tida como mais significativa, dado que a capital económica turca é tida como o berço político de Erdogan.

A Alemanha foi o primeiro país da União Europeia a reagir, qualificando a decisão de “nada transparente e de todo incompreensível”.


Limites de Erdogan testados

Analistas nos media de referência entendem que as eleições municipais turcas são mais importantes que na maior parte dos municípios das democracias ocidentais.

Os títulos destacam, por isso, que estas eleições, de 31 de março, expuseram as fragilidades do presidente que só com muito jogo de cintura, incluindo alterações constitucionais relativas à reeleição e atribuições da função, continua no poder presidencial desde 2002.

Fontes: AFP/DW.de/WP/NY Times Foto: Erdogan e os seus métodos contestáveis, também com Amina de seis anos (que só quis brincar de militar) chamada ao palco para promover a ação política do AKP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project