POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

UCID/42º aniversário: PR considera partido como um dos principais construtores da democracia cabo-verdiana 13 Maio 2020

O Presidente da República classificou a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição) como “um dos principais construtores da democracia cabo-verdiana” e com participação “muito importante” nos pleitos eleitorais e no funcionamento do parlamento.

UCID/42º aniversário: PR considera partido como um dos principais construtores da democracia cabo-verdiana

Jorge Carlos Fonseca afirmou ser com “grande satisfação” que regista estes 42 anos da UCID, celebrados hoje, partido que, ao longo de décadas, “habituou o país a uma presença política de qualidade, primeiramente na luta pela democratização e, mais tarde, na consolidação do sistema democrático”.

“Hoje a UCID é, sem sombra de dúvidas, um dos principais construtores da nossa democracia, através de uma participação muito importante nos pleitos eleitorais e, sobretudo, no dia-a-dia do funcionamento do parlamento e no diálogo com a sociedade”, sentenciou o chefe de Estado, em nota enviada hoje à Inforpress.

O Presidente da República saúda desta forma os militantes e simpatizantes da organização e formula votos para que “continuem a contribuir, de forma empenhada, para o fortalecimento e modernização do sistema democrático”, concretizou.

Votos esses que o presidente da UCID, António Monteiro, abordado pela Inforpress, disse serem “encorajadores” e que dão “ânimo” para continuar a trabalhar por Cabo Verde.

“Queremos ter a oportunidade de ajudar a melhorar as condições de vida de cada cabo-verdiano e tomar decisões políticas no sentido de definir o caminho que o País deve seguir”, lançou António Monteiro, lamentando o facto do partido nunca ter conseguido colocar na prática aquilo que pensa, mesmo sendo o partido mais antigo de Cabo Verde, como país independente.

UCID é um partido político que foi fundado em 1978, por um conjunto de emigrantes cabo-verdianos residentes na Europa, com o objectivo de combater politicamente o então regime de partido único, e, consequentemente, instaurar um regime democrático para servir Cabo Verde.

Em 1991, aquando da realização das primeiras eleições multipartidárias no País, a UCID não conseguiu se legalizar a tempo de concorrer às eleições.

Em 2006 elegeu pela primeira vez um deputado e nas eleições de 2011 subiu esse número para dois e actualmente tem três deputados na Assembleia Nacional, incluindo uma mulher.

António Monteiro é líder da UCID há cerca de 12 anos. C/ Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project