INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

UE aprova 4ª vacina, Johnson — AstraZeneca suspensa agora na Noruega, Dinamarca e Islândia 12 Mar�o 2021

A autoridade europeia do medicamento aprovou a vacina Johnson de dose única na quinta-feira, 11. Luz-verde é sinal de grandes esperanças de que a vacina Jenssen da americana J&J vai permitir recuperar do atraso na campanha vacinal.

UE aprova 4ª vacina, Johnson — AstraZeneca suspensa  agora na Noruega, Dinamarca e Islândia

Entretanto, a AstraZeneca recebe mais uma nota negativa. Desta vez vem da Noruega, Dinamarca e Islândia que suspenderam a vacina anglo-sueca para investigar o que está por trás dos casos de coágulos que já causaram algumas mortes.

É a segunda na mesma semana, depois que a vacinação com AstraZeneca foi suspensa na Áustria e Coreia do Sul, após 9 mortes de vacinados.

Também há um mês a África do Sul anunciou haver "dúvidas sobre eficácia" do imunizante. O país adiou desde 8 de fevereiro o arranque da vacinação com a também designada "vacina de Oxford" — porque a AstraZeneca partiu de investigação nessa prestigiada universidade do Reino Unido.


EUA em defesa da eficácia da AstraZeneca

De imediato as autoridades americanas sairam, na quinta-feira, em defesa da vacina de Oxford, que está entre as três, de dose dupla, que estão a permitir o sucesso no programa vacinal, "a prioridade" da nova presidência.

Os Estados Unidos estão a aproximar-se da meta dos cem milhões de cidadãos inoculados com a primeira dose da vacina em cem dias. Tal como Joe Biden disse.

— -
Fontes: L’Express/DW. Relacionado: AstraZeneca suspensa na Áustria e Coreia do Sul após 9 mortes de vacinados, 09.mar.021; África do Sul adia vacinação com AstraZeneca "por dúvidas sobre eficácia", 09,fev,021; Israel apoia 1ª vacina para crianças a partir dos 6 anos — AstraZeneca pioneira, 15.fev.021. Foto (site da AstraZeneca).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project