DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

UEFA pressionada investiga confisco de bandeira LGBT no R. Checa-Dinamarca em Baku 05 Julho 2021

A UEFA abriu um inquérito para apurar as circunstâncias de um incidente registado ontem nas bancadas do Estádio Olímpico de Baku onde decorreu o jogo entre a República Checa e a Dinamarca. O confisco por dois seguranças afegães da bandeira arco-íris LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero) a dois adeptos dinamarqueses aconteceu ainda antes do início da partida que a seleção danesa venceu por 2-1.

UEFA pressionada investiga confisco de bandeira LGBT no R. Checa-Dinamarca em Baku

Este não é o primeiro incidente do tipo a envolver a autoridade do futebol europeu nesta edição adiada do Euro’20, que teve início em 11 de junho e termina no próximo domingo, 11.

A UEFA tinha estado dez dias antes deste sábado, 3, debaixo de críticas por ter recusado o pedido do Edil de Munique, Dieter Reiter, para ostentar no estádio municipal Allianz Arena a bandeira arco-íris do orgulho gay durante o jogo do dia 23 entre a Alemanha e a Hungria.

O ato serviria para a edilidade alemã protestar contra a recente aprovação pelo parlamento em Budapeste de uma lei que proíbe a divulgação de conteúdos pró-direitos LGBTI+ em material educativo e programas televisivos para menores de 18 anos.

Duramente criticada, a UEFA emitiu um comunicado em que afirma o seu apoio à comunidade LGBTI+, bem como, o seu "orgulho na bandeira arco-íris" mas que neste caso se trata de "uma solicitação com objetivos políticos" contra o governo húngaro.

Fontes: FranceFootball/AFP/DW. Foto AFP/Getty.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project