REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ucrânia: Médico e filho morrem a tentar socorrer vítima baleada 06 Mar�o 2022

A tranquilidade de Motyzhyn, aldeia a 50 quilómetros a oeste de Kiev, foi ao longo destes dias abalada pela passagem de veículos militares russos a dirigir-se para as zonas de combate entre as tropas russas e ucranianas. Três pessoas foram mortas pelos soldados que passavam.

Ucrânia: Médico e filho morrem a tentar socorrer vítima baleada

Segundo Petro Lytvyn (foto), habitante na região, relatou à Associated Press as três pessoas foram mortas a tiro na quinta-feira, pelo "comboio que estava a passar por aqui".

Primeiro, foi uma residente que mal saiu de casa, a procurar escapar, foi baleada na rua. O médico foi em seu socorro.

"O nosso médico local e o filho estavam a tentar levá-la ao hospital". Nunca chegaram ao destino: os militares russos mataram-nos.

Dentro do carro, "foram todos os três baleados e morreram logo".

Os moradores recearam aproximar-se do carro crivado de balas para recuperar os corpos. Temiam que o veículo estivesse armadilhado.

No mesmo dia, a moradora Olena Dovzhenko (foto) fez as malas. Estava já a sair de carro com a família, cão incluído, quando falou com a Associated Press.

Ela contou que esteve em choque e teve problemas para se acalmar, comer ou beber durante os primeiros três dias de conflitos.

"No início, tinha o coração a bater acelerado, tive ataques de pânico, ficava sentada sem saber o que fazer".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project