ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ucrânia é "lugar do crime" diz Tribunal da Haia, ONU conta c.2 mil civis mortos — Baixa na frota naval russa 16 Abril 2022

Esta sexta-feira 15, o Ministério russo da Defesa anunciou a perda do navio de guerra Moskva, que se afundou no Mar Báltico quando estava a ser rebocado para conserto. O navio da frota russa tinha-se incendiado (foto ao alto) ao ser atingido com explosivos ucranianos na véspera.

Ucrânia é

Na quarta-feira 13, o Ministério russo da Defesa afirmou ter ganhado o controlo de Mariupol (foto central) com a rendição de mais de mil soldados ucranianos. Mas a Ucrânia de imediato desmentiu.

No mesmo dia o Ministério ucraniano da Defesa anunciou ter atingido o navio da frota russa estacionada no Mar Báltico. A possibilidade de que o capitão do Moskva tivesse morrido no incêncio foi aventada, mas dois dias depois continua sem confirmação.

A Rússia não se pronunciou sobre a ação da Ucrânia. A autoridade russa só informou sobre o afundamento no dia seguinte, mencionando apenas que a perda era causada pelo "estado turbulento das águas" nesse mar interno.

O TPI-tribunal penal internacional na quinta-feira qualificou a Ucrânia como "lugar do crime". A declaração representa um passo mais na atuação do tribunal da Haia que pode nomeadamente contar com a cooperação internacional na investigação dos crimes de guerra imputados à Rússia nas cidades de Mariupol, Bucha /Butxa e outras.

Fontes: CNN/BBC/Le Monde

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project