INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Uganda: Nº2 morre aos 57 anos em hospital dos EUA 21 Mar�o 2022

Jacob Oulanyah, presidente do parlamento do Uganda, morreu ontem aos 57 anos num hospital nos Estados Unidos da América, onde estava internado, anunciou em Kampala o presidente da República Ugandesa, Yoweri Museveni.

Uganda: Nº2 morre aos 57 anos em hospital dos EUA

O presidente Museveni não mencionou a causa exata da morte de Jacob Oulanyah(fotos) a três dias de completar 57 anos, mas confirmou que estava internado num hospital em Seattle, nos EUA depois de ter sido levado dum hospital da capital ugandesa.

"É com tristeza que anuncio a morte do honorável Jacob Oulanyah", disse Museveni no Twitter, "depois de saber da notícia por fontes próximas e do médico que o tratava", refere a agência EP-Europa Press.

Em dezembro transato, Jacob Oulanyah foi visto pela última vez no parlamento e, na altura, havia presidido apenas a algumas sessões, uma delas a da aprovação do projeto de lei do Fundo Nacional de Previdência Social que permitia o acesso, a médio prazo, às poupanças dos seus membros.

O economista agrícola e advogado Jacob L’Okori Oulanyah presidiu ao 11º Parlamento do país que ascendeu à independência em 1962, após um referendo em 1961 aprovar a sua separação do Reino Unido.

Eleito em maio de 2021 para o mandato até 2026, a doença limitou-lhe o exercício do cargo, sendo muitas vezes substituído pela vice-presidente Anita Among, que emocionada elogiou Oulanyah como "um dirigente que mantinha a equipa unida".

Fontes: EP/Twitter/Uganda Times. Fotos: O parlamento ugandês mantém os ritos britânicos. O político ugandês deixa dois filhos, fruto do seu casamento que em 2016 terminou em divórcio. A ex e os filhos residem em San Diego, California.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project