ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

União dos Sindicatos de São Vicente alerta que impacto do aumento do preço da eletricidade será “enorme” na ilha e não descarta protestos com manifestações de rua 13 Setembro 2021

O presidente da União dos Sindicatos de São Vicente (USSV) disse, hoje, no Mindelo, que o impacto do aumento do preço da eletricidade “será enorme” na ilha, “a braços” com o problema do desemprego e da pobreza. “A União dos Sindicatos de São Vicente manifesta, desde já, a sua total abertura e disponibilidade para, caso venha a ser necessário, se juntar a outros sindicatos com a vista a preparem em conjunto as formas de luta que tal situação impuser”, vai avisando Tomás de Aquino, que não descarta protestos em manifestações de rua em defesa do aumento do poder de compra dos trabalhadores cabo-verdianos.

União dos Sindicatos de São Vicente alerta que impacto do aumento do preço da eletricidade será “enorme” na ilha e não descarta protestos com manifestações de rua

Aquino, que falava em conferência de imprensa, conforme escreve Inforpress, lembrou que São Vicente é uma ilha em que, para além da indústria, os sectores de serviço, turismo e cultura têm um “peso significativo”, daí as consequências desse aumento.

“A União dos Sindicatos de São Vicente vem publicamente condenar e repudiar veementemente o aumento brutal do preço da electricidade anunciado ao País, o qual chega a atingir os 37%”, denunciou o presidente da USSV, membro da Plataforma Sindical – Unir e Resgatar a UNTC-CS.

Tomás de Aquino relembrou que desde 2011 os salários na Administração Pública encontram-se “congelados” e que durante esse tempo os trabalhadores cabo-verdianos “perderam mais de 10%” do seu poder de compra.

Assim, a USSV informou que subscreve “na íntegra” a posição assumida pela Plataforma Sindical – Unir e Resgatar a UNTC-CS, que aponta para a “suspensão imediata” dessa medida e, a manter-se, seja declarado “o fim imediato” do lay-off, e ainda aumento salarial geral, com vista a fazer face a esse “aumento brutal” do preço da electricidade, cita Inforpress.

“A União dos Sindicatos de São Vicente manifesta, desde já, a sua total abertura e disponibilidade para, caso venha a ser necessário, se juntar a outros sindicatos com a vista a preparem em conjunto as formas de luta que tal situação impuser”, finalizou Tomás de Aquino.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project