REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

"Unir" de Biden vs. "vamos seceder" de congressista do Mississippi 12 Novembro 2020

O ’Prometo não dividir, mas unir’, de Joe Biden — dito no sábado, 7, no primeiro discurso após ser declarado presidente-eleito dos EUA — teve ontem (4ªfª, 11) resposta dum congressista republicano do Mississippi: Price Wallace nada satisfeito escreveu que o Estado deve "suceder da União", um grito de independência —assim mesmo, com erro da palavra "seceder" (em inglês succeed/secede).

O apelo à secessão, a lembrar a guerra civil de 1860-65 também conhecida por Guerra da Secessão, veio na contramão de mais um apelo à união, este vindo da próxima primeira-dama.

"Como unir uma família desfeita? Da mesma forma que se une uma nação. Com amor e compreensão – e com pequenos atos de compaixão", discursou Jill Biden também no sábado.

União? Os Republicanos do Estado não estão todos para aí virados, como mostram os posts nas redes sociais, alguns retomados pelos órgãos da comunicação social de referência.

Enquanto uma parte preferiu destacar o marco histórico que é a eleição da primeira vice-presidente, Kamala Harris, outros pregam a divisão, na mesma linha de Wallace.

Exemplo: o ex-candidato a governador estadual Robert Foster, para quem a vitória de Biden vai levar à guerra, pois os Democratas "tudo farão para destruir as nossas cidades".

Mississippi com Trump

Os cinco congressistas do ’Estado da Magnólia’ (a flor que simboliza o Estado) tinham na sexta-feira,6, emitido um comunicado conjunto em que afirmam apoiar a alegação de Trump de que houve fraude eleitoral.

Fontes: Mississippi Free Press/Washington Post.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project