Publireportagem

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Unitel T+ cada vez mais comprometida com Cabo Verde 27 Agosto 2018

A Unitel T+ está, enquanto operadora na área de telecomunicações, cada vez mais comprometida com o processo de desenvolvimento de Cabo Verde. Com um forte crescimento no mercado nacional traduzido em aumento de número de clientes e da procura dos seus serviços em todas as ilhas, vem tendo uma forte intervenção no país, estabelecendo como prioridades a aposta na sociedade de informação e conhecimento, na ligação de Cabo Verde ao mundo através das TIC e na intervenção social, com o foco na inclusão social e no combate à pobreza mediante a sua participação em vários projectos desenvolvidos por entidades públicas e privadas. ( Aceda ao link: http://bit.ly/2OXunF7 ).

Unitel T+ cada vez mais comprometida com Cabo Verde

«Somos a mais jovem companhia de telecomunicações cabo-verdiana. Os adolescentes e jovens trouxeram-nos a energia de que precisávamos, para que de modo estratégico e em parceria chegássemos a todos que, de uma forma ou de outra, colaboram no desenvolvimento económico do país», garante a administração da empresa.

A forte aposta tem sido, segundo a mesma fonte, feita sobretudo na inovação e na competitividade. «Fizemos da Inovação e Competitividade o nosso modo de actuação. Adaptámo-nos desde a primeira hora às especificidades e ao contexto de insularidade do país. Colocámos as nossas energias e a tecnologia ao serviço dos cabo-verdianos, em todos os momentos, e em todos segmentos desta sociedade».

Aposta na Sociedade de Informação

A Unitel T+ tem ainda apostado e participado na formação da Sociedade de Informação em Cabo Verde. Uma estratégia que assenta na maior utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC), colocando o cidadão e as empresas no centro das atenções. Tudo com vista a permitir o maior acesso e a qualidade da informação pública, a melhoria da prestação e da acessibilidade de serviços públicos e o aumento das oportunidades de participação cívica e democrática. «Estar num país jovem e dinâmico significa apostar e desenvolver produtos que explorem todas as potencialidades da Sociedade da Informação e do conhecimento», faz questão de realçar a gerência da empresa.

É que ao proporcionar maior acessibilidade aos serviços e às oportunidades socioeconómicas, o Plano de Desenvolvimento da Sociedade de Informação da UNITEL T+ contribui para o crescimento da economia digital em Cabo Verde, promovendo o desenvolvimento sustentado e a redução da pobreza e das desigualdades.

«A governação e a Administração Pública tornaram-se assim mais eficazes, eficientes e menos onerosas. A Unitel T+ vem desenvolvendo com os sucessivos Governos projetos que visam a construção da Sociedade de Informação. Têm criado, conjuntamente, recursos tecnológicos que permitem aos cabo-verdianos, no país e na diáspora, aceder de forma universal e total a informação e ao conhecimento. Estar num país jovem e dinâmico significa apostar e desenvolver produtos que explorem todas as potencialidades da Sociedade da Informação e do conhecimento».

Ligar Cabo Verde ao mundo

A Unitel T+ procura, no nosso dia-a-dia, fazer com que os seus produtos e serviços sejam pensados em parceria com os seus clientes e destinados a atender àas necessidades dos cabo-verdianos. «É o cabo-verdiano que nos motiva e nos faz trazer soluções tecnológicas únicas e adaptadas à sua vivência».

A pensa nisso, a empresa faz questão de deixar os cabo-verdianos permanentemente informados e em contato com o mundo. «Estamos convictos de que juntos estamos a ampliar a rede e a facilitar o dia-a-dia de todos os cabo-verdianos, de modo sustentável e economicamente viável. Quisemos que todos fossem portadores de um sentido de inovação e criatividade. Por isso, empenhámo-nos conjuntamente na diminuição do fosso digital», sintetiza a gerência, desafiando que a Unitel T+ não quer deixar ninguém fora deste processo de transformação a nível das TIC no país.

Compromissos para o horizonte 2026

A Unitel T+ vem trabalhando com olhos postos nos compromissos assumidos para o horizonte 2026. «A informação hoje está na palma da nossa mão, o poder está do lado dos nossos consumidores e são eles que nos motivam. Adaptamo-nos às suas necessidades e temos procurado fazer a diferença», destacou.

Comprometida com os cabo-verdianos, a Unitel T+ já realizou cerca de 75% do comprometido para com a Sociedade de Informação, o que ronda um investimento de 500 Mil contos cabo-verdianos. «Estamos há dez anos no mercado e queremos fazer parte da História de Cabo Verde, buscamos soluções inovadoras, marcadas pela diferenciação e pela massificação do acesso às tecnologias e, principalmente, estamos alinhados com os compromissos de desenvolvimento do país. Cientes de que Cabo Verde caminha para se tornar numa plataforma digital e da inovação, recentemente criámos uma estrutura própria para a inovação. Contudo, acreditamos que a consolidação da Sociedade de Informação e Comunicação está dependente da modernização do setor das Telecomunicações e da utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação de uma forma transversal em todos os setores da sociedade».

Intervenção social e combate à pobreza

Mas os desafios da Unitel t+ não têm ficado por aí. Tem protagonizando uma forte intervenção social em Cabo Verde. «Temos tido uma forte intervenção no vertente social, em que contribuímos vivamente para a inclusão social e o combate às desigualdades sociais, sempre perspetivando a redução da pobreza. «A Unitel T+ tem uma taxa elevada (maioritariamente) de empregabilidade de jovens muito bem formados, respeita o equilíbrio de género, sendo que 42% das chefias são mulheres. Queremos contribuir para a sustentabilidade económica de Cabo Verde, mas também queremos continuar a contribuir para a melhoria das condições de vida das famílias e da inclusão social e tecnológica das pessoas», conclui a gerência da Unitel T+. Para mais detalhes, aceda ao link: http://bit.ly/2OXunF7

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project