RADAR

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Viajantes e povo de binóculo 01 Mar�o 2021

Os programas Viajantes na TCV e no Facebook continuam a dar que falar. O do jovem, que foi excluído das emissões da TCV depois das denuncias feitas pelos partidos da oposição, procurou fazer a propaganda das minguadas obras do governo pelas ilhas. Agora surge Viajante-2, provavelmente patrocinado pela oposição, a desmontar com humor o primeiro, ouvindo diretamente o povo. Foi o que aconteceu com uma das edições com a população de uma das zonas piscatórias do interior de Santiago. Interrogados se viram na zona as obras prometidas pelo governo, muitos residentes responderam com um redondo Não. Não viram nem com o binóculo. Para admiradores do Radar, porque é o povo quem sempre ordena, pode ser que o povo ouvido pelo Viajante-2 tenha a razão. Mas o melhor é sermos prudentes como diz Tomé: ver para crer, com as eleições de 18 de Abril. É que o deputado Rui Semedo avisou, no parlamento, que no dia 18 de Abril é o Governo de Ulisses Correia e Silva que vai ser viajante: vai ser corrido do poder. Mas Radar pede calma a todos !

Viajantes e povo de binóculo

A Mesa regista…

Esta expressão está a ser contada e recontada com piada, sobretudo entre políticos, professores e jovens estudantes. Por vários sítios, principalmente em bares e cafés, quando surgem discussões entre grupos, alguns, em gargalhas, avisam: A Mesa regista! Tudo numa alusão às frequentes respostas dadas às interpelações dos deputados, principalmente os da oposição, pelo presidente da Mesa da Assembleia Nacional, sobre a condução tendenciosa dos trabalhos.

Como descreve um crítico amigo do Radar, os eleitores/cidadãos, que seguem as transmissões em direto dos trabalhos da Casa Par(a)lamentar pela RTC, estão cansados com este «discurso de disco riscado de Jorge Santos», sempre que é confrontado com os questionamentos dos parlamentares sobre a condução das sessões plenárias da AN. Radar também regista este fato, mas para ficar na nossa história par(a)lamentar.

Covid-19 e inaugurações

Idosos e pessoas do grupo de riscos procuraram o Radar para avisar que estão com algum medo. Alertam que, por coincidência ou não, depois do recente períplo do Primeiro-ministro pelas ilhas, com uma luxosa caravana à custa do tesouro público, para inaugurar algumas obras, que provocou alguma aglomeração de pessoas como se viu na TCV, começa, nos últimos dois dias, aumentar número de casos positivos de covid-19 no país – agora alastrou-se pela Boa Vista, que aparentemente parecia estar com a situação controlada. Mas ouve também jogos desportivos nesta ilha. Será que tais atividades estão na origem do surgimento desses novos infetados? – Indagam os ditos cujos, que temem, fazendo cruz na boca, pelo pior que pode estar a caminho com o arranque da campanha eleitoral previsto para o dia 1 de Abril próximo.

Porque não se brinca com coisas sérias, Radar deixa as seguintes dicas: o Ministério da Saúde, através da Direção Nacional de Saúde, precisa de estar mais atento, atuando na antecipação, alertando as autoridades e pessoas a cumprirem rigorosamente as medidas sanitárias de prevenção contra a doença em vigor no país. É que, como canta o trovador, o homem feliz precisa de três coisas «sabi na mund»: dinheiro, amor e sáude. Nos boka ka sta lá!

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project