DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Vitória no Dérbi e liderança isolada para FC Porto 06 Abril 2019

O FC Porto recebeu e venceu o Boavista, por 2-0, em partida que deu o pontapé de saída para a 28.ª jornada da Liga. Conforme a imprensa lusa, Soares abriu a contagem de grande penalidade, Otávio fechou o resultado que relança os dragões na liderança do campeonato, ainda que à condição.

Vitória no Dérbi e liderança isolada para FC Porto

Segundo descreve a TSF, Soares adiantou os dragões no marcador aos 41 minutos, através de uma grande penalidade. Otávio rematou, de fora da área, para o segundo.

O dérbi da Invicta começou com o FC Porto mais perigoso. A posse de bola estava claramente para o lado dos campeões nacionais, que assustaram por diversas vezes o guardião Bracali. Aos 19 minutos, após uma perda de bola a meio campo, o brasileiro teve de se aplicar por duas vezes para travar o remate de Soares.

Aos 17 minutos, houve nova oportunidade para os dragões. Soares descobriu Brahimi solto na esquerda. O argelino fez o movimento para dentro e rematou mas a bola saiu a rasar o poste esquerdo da baliza axadrezada. Não havia dúvidas quanto ao dominador da partida. O Boavista limita-se a defender, tentando conter a ameaça portista.

À meia hora, após uma falta sobre Danilo, os azuis e brancos conquistaram um livre, numa espécie de canto curto. Do lance, surgiu um cruzamento, que acabou num cabeceamento muito perigoso de Pepe.

Em cima do intervalo, o FC Porto fez jus ao favoritismo e assumiu a liderança na partida, inaugurando o marcador através de grande penalidade. Brahimi foi derrubado na área e, sem Alex Telles para marcar, foi Soares a assumir responsabilidade. O brasileiro não falhou perante Bracali.

Ainda antes do descanso, Manafá travou em falta o ex-Porto Bueno na quina da área. Na sequência do livre, Casillas sacudiu com os punhos. Mas nos descontos o FC Porto chegou mesmo ao segundo. Soares descobriu Marega isolado na área e o maliano não teve problemas em bater Bracali. No entanto, após a revisão do golo, o videoárbitro anulou o tento dos dragões por fora de jogo do maliano.

A segunda parte arrancou com novo golo portista. Otávio encontrou espaço à entrada da área, encheu-se de fé e bateu Bracali. A bola bate mesmo à frente do guardião brasileiro. A partir do segundo golo, o jogo abrandou o ritmo, com a equipa de Sérgio Conceição a pensar, notoriamente, na deslocação a Liverpool, para Liga dos Campeões.

O FC Porto limitou-se por isso a gerir a vantagem até ao final da partida, sendo que Bueno era o mais inconformado dos axadrezados. O palcar não mais se viria a alterar até ao final do jogo. Com este resultado, os dragões pressionam o Benfica, que joga no domingo em Santa Maria da Feira.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project