LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Viúva de João Rendeiro renuncia à herança 30 Setembro 2022

Ao fim de dois meses do seu dilema, Maria de Jesus Rendeiro já formalizou judicialmente — no Tribunal da Relação de Lisboa — que abdica da herança do banqueiro que morreu numa prisão sul-africana como fugitivo da justiça portuguesa. A viúva livra-se assim de uma dívida calculada em 40 milhões de euros. O ressarcimento aos lesados, esse, será tarde ou nunca.

Viúva de João Rendeiro renuncia à herança

A imprensa portuguesa hoje destaca que o facto de a viúva de João Rendeiro renunciar à herança significaria ainda que "os lesados não serão ressarcidos". Mas a verdade é que a já realizada apreensão judicial de bens em bancos incluindo na Suíca, nas propriedades em Portugal (11 anos depois Portugal recebe resposta da Suíça sobre conta oculta de 7,6 ME de Rendeiro (...), mais links abaixo, devia servir e bastar para o efeito.

Entretanto, Maria de Jesus Rendeiro não se livra dos problemas judiciais que ainda terá de enfrentar. Um deles é a investigação pelo desaparecimento de algumas peças do notável património constituído por 124 obras de arte que tinham sido apreendidas pelo Estado e de que ela era "a fiel depositária" desde 2010.

Entre ascensão e infâmia

Muito se escreveu nos útimos dez meses sobre a incrível vida do João e Maria de Jesus Rendeiro, da pobreza e mediania à riqueza e depois as contas com a Justiça até à consumação trágica.

Juntos desde a adolescência na província rumaram a Lisboa após o casamento, lutaram — durante anos, só ela trabalhava enquanto ele estudava — e obtiveram sucesso na capital.

Mas quase meio século depois de "um casamento feliz" (sem filhos), Maria de Jesus vê-se de súbito a braços com a Justiça: com o marido a ser dado como fugitivo no alerta da Interpol, ela é levada pela PJ e dormiu numa cela na noite de 3 para 4-11 último.

Esteve seis meses em prisão domiciliária, de que só saiu em maio, após a morte autoinfligida de João Rendeiro numa cela de prisão em Durban.

Enfrenta ainda outros processos judiciais.
...

Fontes: RTP.pt/DN.pt.Fotos(Idealista/): Um dos mais luxuosos condomínios de Portugal, a Quinta Patino/Patiño ocupa uma área de mais de 50 hectares, onde desde os anos de 1950 foram construídos blocos de apartamentos, residências, num total de 51 unidades e 93 lotes para moradias unifamiliares..

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project