DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebolista Moukoko de 16 anos alvo de investigação por VBG: Ex-namorada de 23 anos Amélia queixa-se de sequestro em casa 14 Abril 2021

O ’prodigioso’ Youssoufa Moukoko, que nasceu em Yaoundé, Camarões em 20 de novembro de 2004, é o prometedor astro do futebol alemão mas também é o reverso dessa moeda. Segundo a imprensa alemã, a (ex-) namorada já chamou duas vezes a polícia, acusando o sub-17 de violência doméstica, a última delas por a ter deixado trancada em casa.

Futebolista Moukoko de 16 anos alvo de investigação por VBG: Ex-namorada de 23 anos Amélia queixa-se de sequestro em casa

Foi no relvado que primeiro começou a dar nas vistas, desde os dez anos, quando tinha oponentes até quatro anos mais velhos.

Transitou aos 14 anos para os sub-19 e marcou 38 golos em 28 jogos. "O caso mais inusitado de talento precoce na história do futebol europeu".

Como avançado, em 2018-19, marcou 50 golos em 28 partidas pelo Dortmund sub-17.

Este atacante que já deu muitas alegrias ao clube Borussia Dortmund, Bundesliga, está porém a revelar-se também uma dor de cabeça, pela atenção que a sua vida privada está a receber da polícia alemã.

Ficas aqui que eu já volto

A polícia teve de intervir, neste domingo, para "libertar a ex-namorada" que Moukoko, cheio de pressa para sair, deixou trancada em casa. A imprensa internacional destaca que a Amélie é sete mais velha e que o namoro começou tinha Moukoko singelos catorze anos.

Porquê trancou a porta? Ele "justifica-se": Só "queria continuar a discussão" no regresso a casa.

Segundo uma fonte policial disse ao diário berlinense Bild, Amélie, de 23 anos, chamou a polícia a queixar-se de estar trancada na casa do ex-namorado. O prodígio do futebol atual, ao voltar, tinha a polícia à sua espera.

Prodígio, foco mediático, alvo de insultos, de interrogações...

Uma das interrogações é: Porquê um rapaz de 14, 15, 16 anos vive em casa própria sem intervenção dos pais? O Nederlands News não hesita em apontar o dedo acusador à inação do Dortmund, já que "os pais vivem noutra cidade, a mais de trezentos quilómetros de distância".

A atenção sobre Moukoko como menino prodígio, internacional da seleção juvenil, tem pois contrapartidas. Umas boas, outras mesmo más.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project