SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Malária: OMS considera Cabo Verde como exemplo no combate à doença 20 Novembro 2018

O director do programa de combate à malária da Organização Mundial de Saúde (OMS), Pedro Alonso, considerou Cabo Verde como um exemplo às acções no combate a um surto de malária verificado em 2017.

Malária: OMS considera Cabo Verde como exemplo no combate à doença

"Cabo Verde teve um surto epidémico muito grande no ano passado e o país, conseguiu responder e eliminar a malária de forma vigorosa, com apoio da OMS", referiu Pedro Alonso, que falava esta segunda-feira, em Maputo, na apresentação do relatório anual da OMS sobre a doença, conforme a citação da Agência Lusa.

De ressaltar que no arquipélago, houve um aumento de sete casos de malária registados em 2015 para 48 em 2016 e quase nove vezes mais em 2017. Até Dezembro do ano passado foram contabilizados 447 casos de malária sendo 418 autóctones, 12 casos importados” e havendo ainda a assinalar “17 casos de reinfecção”. Do total de casos resultaram duas mortes, um cidadão nacional e outro estrangeiro, relatou OMS na altura.

De acordo com o referido responsável da OMS, depois da resposta ao surto, já há quase um ano que não há transmissão de malária em Cabo Verde. "É um grande exemplo de que, quando um país reage de forma vigorosa, pode inclusivamente chegar a ter potencialmente eliminado a malária", concluiu Pedro Afonso, destacando Timor-Leste, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe como territórios lusófonos onde há iniciativas em curso para erradicação da malária.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project